|  Artes Plásticas  |  Fotografia  |  Edição de Livros  |          
          |  1985  |  1993  |  1996  |  1998  |  1999  |  2000  |  2001  |  2006  |  2007  |  2008  |  2009  |  2010  |  2011  |  2012  |  2013  |  2014  |  2015  |

» Arquitetura Portuguesa no Traço de Lucio Costa

» Adir Botelho - Barbárie e Espanto em Canudos


Produção em parceria com o Estúdio Malabares - Julieta Sobral e Ana Dias.

A exposição apresenta registros feitos em bloquinhos por Lucio Costa em 1952 durante uma viagem a Portugal. Esses desenhos ficaram perdidos durante 50 anos e agora são revelados junto com as fotos do pesquisador José Pessôa, que refez o caminho do arquiteto.

O interesse de Lucio Costa pela arquitetura portuguesa começou em 1937, com sua atuação no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Como funcionário do instituto de 1937 a 1972, esforçou-se para consolidar o conhecimento e a conservação da arquitetura do passado.

Caixa Cultural / Rio de Janeiro, 26 de junho a 5 de agosto de 2012.
 
clique nas fotos para ampliar